Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

Novamente Geografando

Este blog organiza informação relacionada com Geografia... e pode ajudar alunos que às vezes andam por aí "desesperados"!

A casa que produz mais electricidade do que consome

Mäyjo, 21.05.17

foto_1

Existe uma casa do Reino Unido que consegue produzir mais electricidade que aquela que consome – e a produção energética é exclusivamente feita com recurso a painéis fotovoltaicos.

 

A casa, de três quartos, foi construída em apenas 16 semanas, perto de um terreno industrial em Bridgend, no País de Gales, e custou €177.800. A habitação foi concebida por investigadores da Universidade de Cardiff ao abrigo de um programa do Low Carbon Research Institute do Reino Unido.

A habitação está equipada com vários painéis solares que produzem energia durante o dia, que fica armazenada em baterias específicas. Adicionalmente, a habitação possui um excelente isolamento, que permite reduzir o consumo energético no inverno, e a capacidade de transferir directamente electricidade para a rede energética britânica durante oito meses do ano.

Por cada €142 gastos na electricidade consumida, a casa consegue produzir o equivalente a €248 em energia exportada, escreve o Daily Mail. A casa foi construída segundo os padrões de baixas emissões de carbono estabelecidas pelo Governo trabalhista em 2006.

Luta contra o desperdício alimentar

Mäyjo, 20.10.16

supermercado _1

REINO UNIDO INAUGURA SUPERMERCADO DE DESPERDÍCIO ALIMENTAR

Fotos: Adam Smith

MAIOR PARQUE EÓLICO OFFSHORE VAI SER CONSTRUÍDO NA COSTA BRITÂNICA

Mäyjo, 10.02.16

offshore_SAPO

A empresa dinamarquesa Dong Energy acabou de anunciar a construção do maior parque eólico offshore do mundo, um projecto que terá a capacidade de 1.2 GW, poderá produzir energia para electrificar um milhão de casas e ficará a 120 quilómetros da costa de Yorkshire, no nordeste britânico.

“Com capacidade para 1.2 GW, o Hornsea Project One será o primeiro parque eólico offshore do mundo a exceder 1 GW de capacidade e tornar-se-á – por larga margem – no maior parque eólico offshore do mundo”, explico a empresa num comunicado citado pelo Quartz.

A Dong adiantou ainda que cada turbina terá 190 metros de altura e deverá entrar em funcionamento em 2020. O projecto será financiado, em parte, pelo Governo britânico, ainda que os subsíduos e apoio para todas as outras infra-estruturas ligadas às renováveis tenham sido cortados nos últimos meses. O Reino Unido, aliás, é líder mundial na energia eólica offshore.

No ano passado, a Dong previu que o aumento do tamanho das turbinas eólicas poderia significar a produção de um terço de toda a energia utilizada no Reino Unido até 2030. Uma previsão optimista mas que está no caminho correcto.

Foto: Felix Montino / Creative Commons

EMPRESA ESCOCESA CRIA SISTEMA DE TRATAMENTO ECOLÓGICO QUE DESPOLUI RIOS, CANAIS E LAGOS

Mäyjo, 08.10.15

A despoluição do canal Paco

A empresa escocesa Biomatrix Water está a criar um sistema de tratamento de água ecológico, que pode ser instalado em rios, canais e lagos contaminados e já despoluiu o canal Paco, na cidade de Manila, Filipinas.

Além de melhorar a qualidade da água e aumentar a biodiversidade aquática, o sistema revitalizou a paisagem do canal filipino, que antes era destino final de lixo e esgoto. A base do sistem usa “jardins flutuantes”, que são ilhas artificiais, de aproximadamente 110 m², cobertas por plantas aquáticas e capazes de filtrar poluentes.

O sistema ainda tem outra vantagem: o custo da despoluição é menor do que a metade do que gastam estações de tratamento de águas residuais convencionais, segundo a empresa. Isso é possível graças à integração e activação do ambiente fluvial circundante.

O processo de descontaminação também dependeu de outros dois factores: de obras de infraestrutura, para evitar o despejo de resíduos no local, e da instalação de um reator capaz de adicionar ar à água e introduzir no ecossistema uma bactéria que se alimenta de poluentes.

 

Veja algumas das imagens do antes (fotos 1 e 2) e depois do canal Paco.

 

AGRICULTOR INGLÊS PLANTA PRADO EM FORMA DE CORAÇÃO PARA HOMENAGEAR ESPOSA FALECIDA

Mäyjo, 01.10.15

coracao_2

Winston Howes é um romântico da velha guarda, e ainda mal refeito da morte da sua esposa, Janet, plantou 6000 carvalhos para dar a um prado a forma de coração. A plantação foi feita há 15 anos, mas os resultados já são bem visíveis através das fotos aéreas da zona de South Gloucestershire, Reino Unido.

“Tenho um balão e uso-o regularmente – mas esta foi a mais incrível visão que alguma vez tive a partir do céu”, explicou ao The Telegraph Andy Collet, o piloto responsável pelas fotos. “Encontrei um coração secreto escondido da vista. Ninguém poderá saber o que ele está ali. Imagino a estória de amor [que está por trás dele]”, esclareceu.

Um amor eterno

Segundo conta o Inhabitat, Howes começou a plantação logo após a morte da esposa. Os carvalhos estão meticulosamente colocados em volta de um prado de 2,4 hectares, criando uma forma de coração que aponta para a direcção da casa onde Janet nasceu, em Wotton Hill.

Uma sebe alta de narcisos rodeia o perímetro do coração, criando um brilho amarelo inconfundível. O coração é também visível por satélite – a prova de que o amor, quando verdadeiro, ultrapassa todas as fronteiras e barreiras da natureza.